68º Congresso Brasileiro de Coloproctologia

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

PERFIL DE COMPLICAÇOES CIRURGICAS EM PACIENTES SUBMETIDOS A RECONSTRUÇAO DE TRANSITO INTESTINAL POR LAPAROTOMIA E LAPAROSCOPIA EM HOSPITAL SECUNDARIO SEGUNDO CLASSIFICAÇAO DE CLAVIEN-DINDO

Objetivo(s)

Esse estudo tem como objetivo estabelecer o perfil de complicações cirúrgicas de 29 pacientes submetidos ao procedimento de reconstrução de trânsito no serviço de cirurgia geral em hospital secundário de Fortaleza (CE). Foi aplicada a classificação de Clavien-Dindo para categorizar as complicações cirúrgicas e estas foram comparadas entre o grupo que foi operado por laparoscopia e por laparotomia. O estudo busca mostrar se existe relação entre o nível de complicações cirúrgicas e o tempo de internação hospitalar e se existe diferença no perfil de complicações dos pacientes operados por cada via.

Método

Foi realizado um estudo retrospectivo, observacional, unicêntrico, através da revisão dos prontuários dos pacientes submetidos a realização de cirurgias de reconstrução de trânsito para fechamento de ostomias terminais. foram identificadas as complicações ocorridas em cada internação e foi feita a sua categorização conforme a classificação de Clavien-Dindo. Os pacientes foram divididos em dois grupos, de acordo com a via operatória, e a incidência das complicações de cada nível foi comparada utilizando o teste exato de Fisher.

Resultados

Foi evidenciado que a duração da cirurgia foi significativamente maior no grupo submetido a reconstrução de trânsito por via laparotômica (p = 0,049). Não houve diferença estatística entre o tempo de internação dos pacientes nas duas amostras (p = 0,207). As complicações de grau I ocorreram em 69% dos pacientes, com incidência significativamente maior nos pacientes submetidos a cirurgia convencional (p = 0,02). Não houve diferença significativa na incidência de complicações grau II (p = 0,697) e grau III (p = 0,606). Não houve nenhum caso de complicações de grau IV e V.

Conclusão(ões)

O estudo mostrou que a reconstrução de trânsito por via laparoscópica é um procedimento que apresenta benefícios em relação a via convencional. houve uma incidência significativamente menor de complicações de nível I nos pacientes operados por laparoscopia. Os dados encontrados neste estudo mostram que realização do procedimento em hospital secundário é factível, tendo em vista o perfil de complicações e os resultados cirúrgicos.

Área

Cirurgia Minimamente Invasiva, Novas técnicas cirúrgicas / Avanços Tecnológicos em Cirurgia Colorretal e Pélvicas e Anorretais

Autores

matthaus rabelo Costa, Carla Camila Rocha Bezerra, José Walter Feitosa Gomes, Nathalia Souza Silva, Dandara Maria Soares Damasio Silva, Felipe Alves Moura Cavalcanti, Bruno Gadelha Bezerra Silva, Moises francisco cruz neto