68º Congresso Brasileiro de Coloproctologia

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

CIRURGIA DE ALTEMEIER PASSO A PASSO

Objetivo(s)

Diferentes abordagens cirúrgicas exitem para a procidência retal. A retopexia anterior com tela videolaparoscópica, a cirurgia de delorme e a cirurgia de Altemeir são as mais frequentementes realizadas. Este vídeo tem como objetivo a apresentação passo à passo da retossigmoidectomia perineal – Cirurgia de Altemeir.

Descrição da técnica

Paciente feminina, 80 anos, G6P5(n5)A1,
Paciente com 04 anos de procidência retal, inicialmente aos esforços, mas atualmente prolapso irredutível. Relata hematoquezia eventual, de pequena monta, e dor evacuatória e ao sentar-se, de intensidade leve. Apresenta quadro de incontinência fecal, escore de Cleveland- Clinic 17/20. Relata hábito intestinal 1-2x/dia, com fezes Bristol 4. Antecedentes Pessoais: cirurgia para incontinência urinária há 40 anos. HAS, DLP, AIT, nega alergias. Nega tabagismo atual ou prévio, nega etilismo. Ao exame físico apresentava prolapso retal de 12 cm, toque presença de retocele e enterocele, sem cistocele ou uterocele, ausência de lesões tocáveis em reto. manometria retal: hipotonia da pressão de repouso do esfíncter anal. - ausência de canal anal funcional. - hipotonia da pressão de contração do esfíncter anal. - sensibilidade retal diminuida. - capacidade retal aumentada. Colonoscopia: 1. Pólipo de cólon - adenoma tubular com displasia de baixo grau (atipia citoarquitetural leve) 2. Enantema de reto distal. Paciente submetida a cirurgia de Altemeier:Posição de litotomia, ATB profilátiico, incisão a 1 cm da linha pectínea, abertura de todas as camadas do reto até a gordura mesorretal, dissecção do septo retovaginal, abertura do peritônio, exteriorização do retossigmoide de 30 cm, ligadura e tratamento do mesentério do cólon com ligadura das artérias retal superior e média, sutura da musculatura elevadora do ânus com ponto de vicryl 2.0 em x, secção do colon e retirada da peça, anastomose coloanal manual com vicryl 3.0 pontos totais e separados, procedimento sem intercorrências. Recebeu alta no 4 dia pós-operatória após evacuação, ferida operatória em bom aspecto e bom quadro geral

Discussão e Conclusão(ões)

DISCUSSÃO:A cirurgia de Altemeier possui uma recorrência ao redor de 16 a 30% de acordo com a literatura, porém sua taxa de complicação é menor que 10 %, comparando-se com a técnica mais recente e atualmente em expansão, a retopexia ventral com tela ela possui maior recorrência, porém menor morbidade (2-5% a reccorrênca e em torno de 14-40% de morbidade da retopexia ventral com tela). Além disso a cirurgia de Altemeier , como vantagem com as cirurgias perineais, trata procidências maiores as quais a cirurgia de Delorme não seria capaz.

CONCLUSÃO: A cirurgia de Altemeir tem baixa morbidade e mortalidade com mair recorrência do eu a retopexia ventral com tela e em pacientes com idade avançada e ASA elevado é uma ótima opção cirúrgica para o tratamento da procidência retal.

Palavras chave: prolapso retal, procidência retal, fisiologia anorretal.

Área

Doenças do assoalho pélvico / Fisiologia Intestinal e Anorretocólica

Autores

José Américo Bacchi Hora, Rafael Vaz Pandini, Aline Mendes Paiva, Bruno Vinícius Hortences Mattos, Sergio Carlos Nahas, Ivan Ceconello